sexta-feira, 28 de maio de 2010

O Urutau

(Leitura de Sala de Aula, 28 de maio) - Foto: Heder Torres

“Eis que venho como vem o ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia e guarda as suas vestes, para que não ande nu” Ap 16:15

Os indígenas o chamavam de urutau, que em tupi-guarani significa ave-fantasma. Mas, do Sul do México à Terra do Fogo, ele também é conhecido como urutágua e jurutauí. Durante o dia, urutau permanece parado sobre um galho, tão quieto, como se fosse a continuação deste. À noite, faz ecoar um canto melancólico, parecido com um lamento humano.

Os olhos são enormes e desproporcionais ao tamanho da cabeça larga e achatada. Iluminado por uma lanterna à noite, produz um reflexo como se fossem duas brasas de fogo vermelhas, visíveis a grande distância. A boca, enorme, é parecida como a de um sapo cururu. Essa arrumação é suficiente para assustar a maioria dos predadores.

O urutau é capaz de ficar o dia todo imóvel. Mesmo com os olhos fechados ele sabe o que acontece ao seu redor. Suas pálpebras funcionam como um “olho mágico”. Quando algum inimigo se aproxima, a ave estica o corpo e levanta a cabeça até tocar a cauda no tronco. Esse movimento é lento e assusta o inimigo.

O urutau só dorme quando se sente totalmente seguro, por isso, ele é um perfeito vigilante. E bem-aventurado, disse Jesus, é aquele que vigia. Vigiar significa estar alerta, estar ativo e pronto para enfrentar uma situação difícil.

Quando a Bíblia fala em vigiar, normalmente se refere também à oração. Vigiai e orai, disse Jesus, para que não entreis em tentação. Vigiai e orai porque não sabeis o dia nem a hora da vinda do Senhor.

Por mais necessárias que sejam as coisas materiais deste mundo, porém, elas podem nos fazer sonolentos e despercebidos do “Tempo do Fim”. Por isso, sejamos vigilantes!
___________________________________________

Para Refletir

• Você está pronto para a volta de Cristo?

• Outra pergunta: se a morte lhe sobrevier, você está em paz com Deus?

• “Pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus...”
    Ef. 2: 8 e 9]

Oração Especial

• Professora: Rita de Fátima da Silva

• Turma: 5º. Sistema de Informação. Turma A

Texto: F. Lemos e J. Eneas.

Adaptação: Pastoral Universitária Adventista

Instituição: UNASP, Campus Hortolândia, SP.

O Urutau

(Leitura de Sala de Aula, 28 de maio) - Foto: Heder Torres

“Eis que venho como vem o ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia e guarda as suas vestes, para que não ande nu” Ap 16:15

Os indígenas o chamavam de urutau, que em tupi-guarani significa ave-fantasma. Mas, do Sul do México à Terra do Fogo, ele também é conhecido como urutágua e jurutauí. Durante o dia, urutau permanece parado sobre um galho, tão quieto, como se fosse a continuação deste. À noite, faz ecoar um canto melancólico, parecido com um lamento humano.

Os olhos são enormes e desproporcionais ao tamanho da cabeça larga e achatada. Iluminado por uma lanterna à noite, produz um reflexo como se fossem duas brasas de fogo vermelhas, visíveis a grande distância. A boca, enorme, é parecida como a de um sapo cururu. Essa arrumação é suficiente para assustar a maioria dos predadores.

O urutau é capaz de ficar o dia todo imóvel. Mesmo com os olhos fechados ele sabe o que acontece ao seu redor. Suas pálpebras funcionam como um “olho mágico”. Quando algum inimigo se aproxima, a ave estica o corpo e levanta a cabeça até tocar a cauda no tronco. Esse movimento é lento e assusta o inimigo.

O urutau só dorme quando se sente totalmente seguro, por isso, ele é um perfeito vigilante. E bem-aventurado, disse Jesus, é aquele que vigia. Vigiar significa estar alerta, estar ativo e pronto para enfrentar uma situação difícil.

Quando a Bíblia fala em vigiar, normalmente se refere também à oração. Vigiai e orai, disse Jesus, para que não entreis em tentação. Vigiai e orai porque não sabeis o dia nem a hora da vinda do Senhor.

Por mais necessárias que sejam as coisas materiais deste mundo, porém, elas podem nos fazer sonolentos e despercebidos do “Tempo do Fim”. Por isso, sejamos vigilantes!
___________________________________________

Para Refletir

• Você está pronto para a volta de Cristo?

• Outra pergunta: se a morte lhe sobrevier, você está em paz com Deus?

• “Pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus...”
    Ef. 2: 8 e 9]

Oração Especial

• Professora: Rita de Fátima da Silva

• Turma: 5º. Sistema de Informação. Turma A

Texto: F. Lemos e J. Eneas.

Adaptação: Pastoral Universitária Adventista

Instituição: UNASP, Campus Hortolândia, SP.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Mina de Ouro Espacial

(Leitura de Sala de Aula, 27 de maio)

“...a estrutura da muralha é de jaspe, também a cidade é de ouro puro, semelhante a vidro límpido” Ap 21: 18

Eros é um dos maiores asteróides conhecidos entre os que têm órbita próxima da Terra. São 33 quilômetros de diâmetro. A grande novidade a respeito desse planetóide é o material de que é feito: platina, zinco, prata e ouro.

Uma nave não tripulada se aproximou dele e realizou o estudo mais minucioso já feito numa pedra dessas. O robô descobriu que Eros é uma mina espacial de metais preciosos. Só de ouro, um cálculo inicial fixou a quantidade em 20 bilhões de toneladas, cotado a 36 bilhões de dólares. Através dos tempos, o ouro tem suscitado a ambição e a ganância humana.

No período colonial, entre os séculos 18 e 19, todo o ouro levado para fora de nosso país foi calculado em cerca de três mil toneladas. Isso não chega sequer a arranhar o ouro de Eros. Além de resistente à corrosão atmosférica, o ouro tem duas outras qualidades que o tornam especial: a dureza e a maleabilidade.

O Apocalipse como livro de esperança, revela que haverá uma terceira vinda de Cristo. É nesta ocasião que a Cidade Santa vai descer dos céus. Não é possível saber seu peso, todavia, a Bíblia diz que ela tem 12 mil estádios de perímetro que corresponde a 183 metros.

A cidade tem quatro lados, cada um com 529 quilômetros, isto é aproximadamente 100 quilômetros maior do que a distância entre São Paulo e Rio de Janeiro. Imagine-a construída de ouro puro e tão brilhante quanto o vidro.

Para os cursos noturnos a semana acadêmica termina hoje, quinta-feira, porém, você pode continuar estudando sobre a Cidade Santa em sua Bíblia. Exercite não somente a imaginação, mas, sua fé.

Um verso bíblico: “...procurem ficar cada vez mais firmes na certeza que Deus os chamou e escolheu...e, assim, receberão todo o direito de entrar no Reino Eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo” [2Pe 1: 10 e 11 - NTLH]

_____________________________________

Para Refletir

• Fé é ter convicção de fatos que se não vêem. Pode você imaginar a Cidade Santa?

Oração Especial

• Professora: Paula Andréa P. Strumiello Fonseca

• Turma: 3º. Sistema de Informação. Turma B

Texto: F. Lemos e J. Eneas.

Adaptação: Pastoral Universitária Adventista

Instituição: UNASP, Campus Hortolândia, SP

Mina de Ouro Espacial

(Leitura de Sala de Aula, 27 de maio)

“...a estrutura da muralha é de jaspe, também a cidade é de ouro puro, semelhante a vidro límpido” Ap 21: 18

Eros é um dos maiores asteróides conhecidos entre os que têm órbita próxima da Terra. São 33 quilômetros de diâmetro. A grande novidade a respeito desse planetóide é o material de que é feito: platina, zinco, prata e ouro.

Uma nave não tripulada se aproximou dele e realizou o estudo mais minucioso já feito numa pedra dessas. O robô descobriu que Eros é uma mina espacial de metais preciosos. Só de ouro, um cálculo inicial fixou a quantidade em 20 bilhões de toneladas, cotado a 36 bilhões de dólares. Através dos tempos, o ouro tem suscitado a ambição e a ganância humana.

No período colonial, entre os séculos 18 e 19, todo o ouro levado para fora de nosso país foi calculado em cerca de três mil toneladas. Isso não chega sequer a arranhar o ouro de Eros. Além de resistente à corrosão atmosférica, o ouro tem duas outras qualidades que o tornam especial: a dureza e a maleabilidade.

O Apocalipse como livro de esperança, revela que haverá uma terceira vinda de Cristo. É nesta ocasião que a Cidade Santa vai descer dos céus. Não é possível saber seu peso, todavia, a Bíblia diz que ela tem 12 mil estádios de perímetro que corresponde a 183 metros.

A cidade tem quatro lados, cada um com 529 quilômetros, isto é aproximadamente 100 quilômetros maior do que a distância entre São Paulo e Rio de Janeiro. Imagine-a construída de ouro puro e tão brilhante quanto o vidro.

Para os cursos noturnos a semana acadêmica termina hoje, quinta-feira, porém, você pode continuar estudando sobre a Cidade Santa em sua Bíblia. Exercite não somente a imaginação, mas, sua fé.

Um verso bíblico: “...procurem ficar cada vez mais firmes na certeza que Deus os chamou e escolheu...e, assim, receberão todo o direito de entrar no Reino Eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo” [2Pe 1: 10 e 11 - NTLH]
_____________________________________

Para Refletir

• Fé é ter convicção de fatos que se não vêem. Pode você imaginar a Cidade Santa?

Oração Especial

• Professora: Paula Andréa P. Strumiello Fonseca

• Turma: 3º. Sistema de Informação. Turma B

Texto: F. Lemos e J. Eneas.

Adaptação: Pastoral Universitária Adventista

Instituição: UNASP, Campus Hortolândia, SP

Assembleia Mundial terá cobertura diária na mídia

Silver Spring, Maryland, Estados Unidos ... [ANN] Dezenas de milhares de adventistas do sétimo dia devem se reunir no estádio esportivo Georgia Dome, em Atlanta para a 59a. assembleia mundial da Igreja Adventista de 23 de junho a 3 de julho. Para aqueles que desejam seguir o noticiário da assembleia, a Igreja está oferecendo vários recursos de mídia para a cobertura diária de notícias, artigos e análises.

A Rede Adventista de Noticias (RAN) vai publicar regularmente notícias de cada dia e destaques do evento no seu website, news.adventist.org, bem como um podcast diário, 'Atlanta 2010 Today'. Além disso, a RAN também irá produzir um programa noticiário de TV diário , 'Adventist NewsLine' -- World Session Edition sessão, transmitido pelo Canal Hope às 06:30 dos E.U.A (Eastern Time) -- em língua inglesa.

Além disso, a "Adventist Review" continuará no seu papel histórico de fazer o registro oficial da sessão com uma edição diária impressa da revista. Assinantes regulares da revista receberão as revistas diárias automaticamente. A RAN ainda terá transmissões de atualização por twitter.com/adventistnews

No Brasil, as notícias serão geradas pela ASN (Agência Adventista Sul-Americana de Notícias) [Equipe ANN, Da Redação] Ler Mais. Clique Aqui.

Assembleia Mundial terá cobertura diária na mídia

Silver Spring, Maryland, Estados Unidos ... [ANN] Dezenas de milhares de adventistas do sétimo dia devem se reunir no estádio esportivo Georgia Dome, em Atlanta para a 59a. assembleia mundial da Igreja Adventista de 23 de junho a 3 de julho. Para aqueles que desejam seguir o noticiário da assembleia, a Igreja está oferecendo vários recursos de mídia para a cobertura diária de notícias, artigos e análises.

A Rede Adventista de Noticias (RAN) vai publicar regularmente notícias de cada dia e destaques do evento no seu website, news.adventist.org, bem como um podcast diário, 'Atlanta 2010 Today'. Além disso, a RAN também irá produzir um programa noticiário de TV diário , 'Adventist NewsLine' -- World Session Edition sessão, transmitido pelo Canal Hope às 06:30 dos E.U.A (Eastern Time) -- em língua inglesa.

Além disso, a "Adventist Review" continuará no seu papel histórico de fazer o registro oficial da sessão com uma edição diária impressa da revista. Assinantes regulares da revista receberão as revistas diárias automaticamente. A RAN ainda terá transmissões de atualização por twitter.com/adventistnews

No Brasil, as notícias serão geradas pela ASN (Agência Adventista Sul-Americana de Notícias) [Equipe ANN, Da Redação] Ler Mais. Clique Aqui.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Semana de Publicações motiva alunos e professores


Hortolândia, SP ... [ASN] A Semana Especial de Publicações que acontece desde 23 de maio, no IASP, o Campus Hortolândia do UNASP, tem motivado alunos e professores. As atividades são constituídas de cursos e seminários com objetivo de recrutar novos promotores de livros e revistas sobre saúde, comportamento e ética cristã.

Os coordenadores do evento esperam formar 16 equipes para atuar em cidades da região sudeste na modalidade de palestrantes e promotores de livros e revistas em casa em casa. A promoção é da Associação Paulista Sudoeste (APSo) com apoio das Associações Paulistas co-irmãs, Leste, Sul, Oeste, Paulistana, Central e Vale do Paraíba.

Para o coordenador local Bruno Silveira, coordenador do Clube de Colportagem, o primeiro do gênero a funcionar na instituição, o evento é histórico “porque capacita novos talentos, mantém acessa a chama da colportagem no campus e além de trazer novos conhecimentos para os jovens”, informa.

Para o encerramento da Semana, haverá na sexta-feira, 28, um culto especial com a participação do diretor de publicações da Associação Paulista Sudoeste, pastor Eden Serrano. Ele prega sobre as “quatro vezes que Deus usou Seu dedo para escrever e cumprir Seus propósitos”. Além disso, o Trio Arte in Louvor interpreta várias músicas do repertório.

No sábado, o secretário da União Central Brasileira, pastor Udolcy Zukowski prega sobre a “Santa Ousadia”, e a tarde, no Culto Jovem Especial, o evangelista da APSo expõe o tema “Vale a Pena Esperar”, com participação musical da cantora Tatiana Costa [Equipe ASN, Jael Eneas]

Semana de Publicações motiva alunos e professores


Hortolândia, SP ... [ASN] A Semana Especial de Publicações que acontece desde 23 de maio, no IASP, o Campus Hortolândia do UNASP, tem motivado alunos e professores. As atividades são constituídas de cursos e seminários com objetivo de recrutar novos promotores de livros e revistas sobre saúde, comportamento e ética cristã.

Os coordenadores do evento esperam formar 16 equipes para atuar em cidades da região sudeste na modalidade de palestrantes e promotores de livros e revistas em casa em casa. A promoção é da Associação Paulista Sudoeste (APSo) com apoio das Associações Paulistas co-irmãs, Leste, Sul, Oeste, Paulistana, Central e Vale do Paraíba.

Para o coordenador local Bruno Silveira, coordenador do Clube de Colportagem, o primeiro do gênero a funcionar na instituição, o evento é histórico “porque capacita novos talentos, mantém acessa a chama da colportagem no campus e além de trazer novos conhecimentos para os jovens”, informa.

Para o encerramento da Semana, haverá na sexta-feira, 28, um culto especial com a participação do diretor de publicações da Associação Paulista Sudoeste, pastor Eden Serrano. Ele prega sobre as “quatro vezes que Deus usou Seu dedo para escrever e cumprir Seus propósitos”. Além disso, o Trio Arte in Louvor interpreta várias músicas do repertório.

No sábado, o secretário da União Central Brasileira, pastor Udolcy Zukowski prega sobre a “Santa Ousadia”, e a tarde, no Culto Jovem Especial, o evangelista da APSo expõe o tema “Vale a Pena Esperar”, com participação musical da cantora Tatiana Costa [Equipe ASN, Jael Eneas]

Agência explica votação na Assembleia Mundial Adventista


Silver Spring, Maryland, USA ... [ANN] Para muitos adventistas do sétimo dia que fazem a jornada para a Assembleia da Associação Geral a cada cinco anos, essa é uma oportunidade há muito esperada para celebrar a cultura e valores da Igreja em escala global. Mas para milhares de delegados, é também uma maratona de votações.

Este verão, em Atlanta, Estado norte-americano da Georgia, os delegados vão examinar temas da agenda durante a próxima reunião administrativa internacional de 11 dias, incluindo a eleição da direção superior da denominação.

Eles acatarão relatórios de líderes da Igreja pelo mundo e das 13 regiões administrativas mundiais, aprovarão novos órgãos administrativos, oficiais eleitos e diretores de departamentos, proporão emendas à constituição, regimento interno e Manual da Igreja e considerarão um número de itens diversos adicionados à agenda da Comissão Executiva da Igreja.

Embora todos os 2.410 delegados votem quanto aos itens da agenda da assembleia, somente um número seleto nomeia os oficiais da Igreja.

Durante o seu primeiro dia em Atlanta, os delegados de cada uma das 13 regiões da Igreja vão se reunir e designar um determinado número dos seus membros -- geralmente cerca de 235 no total -- para a Comissão de Nomeações, de acordo com praxes estabelecidas pelas Normas Operacionais da denominação.

Os selecionados como membros do Comissão de Nomeações em seguida se reúnem para recomendar candidatos a vários funções e departamentos na sede mundial da Igreja em Silver Spring, Maryland, EUA. Qualquer candidato escolhido pela Comissão de Nomeações é imediatamente apresentado a todo o corpo de delegados, onde o voto da maioria determina se o candidato é eleito. Se ele ou ela não estiver, a Comissão de Nomeações se reunirá novamente para recomendar outra pessoa.

As mais altas posições da Igreja -- a do presidente mundial da Igreja, secretário e tesoureiro -- são as primeiras nomeações. Presidentes das regiões mundiais da Igreja são nomeados em seguida, estabelece as Normas Operacionais.

Embora os membros da Comissão de Nomeações sejam livres para recomendar a reeleição para os que já ocupam posições, também podem sugerir outros candidatos. O processo é menos simples do que eleições nacionais, mas os líderes da Igreja dizem ser assim elaborado para evitar campanhas na véspera da assembleia, com redução do tempo entre indicação e votação.

A Constituição da Igreja não estabelece especificamente a formação dos delegados, mas é esperado "e presumido" que incluirá delegados de ambos os sexos, bem como uma ampla gama de faixas etárias e nacionalidades, disse Larry Evans, subsecretário mundial da Igreja.

Os 300 membros da Comissão Executiva da Igreja, que incluem representantes de cada uma das suas 13 regiões, são automaticamente considerados delegados na Assembleia. Os 2.000 restantes e alguns delegados são escolhidos proporcionalmente, conforme descrito na Constituição da Igreja. É dada consideração a fatores tais como membresia da Igreja e o número e tamanho das entidades administrativas e instituições numa região.

Quotas mínimas também se estabelecem a fim de garantir que os leigos e outros funcionários não-administrativos estejam entre os delegados.

Embora seja impossível eliminar o que chama de "elemento humano" do processo de nomeação e votação, Lowell Cooper, vice-presidente mundial da denominação, disse que o processo não é direcionado a auto-promoção. "Não é tanto a pessoa que procura o trabalho, quanto o trabalho a procura da pessoa", o que torna o conceito da campanha eleitoral imaterial, disse Cooper.

Mesmo se um candidato em potencial tentasse influenciar votos em seu favor, Evans disse que é quase impossível determinar a votação de um delegado em todas as questões, dado o volume de itens da agenda considerada durante a Assembleia. "Em vista de que tantas coisas são votadas nas sessões, não há nenhuma maneira possível de prever cada voto ... " disse Evans.

Os delegados recebem uma agenda preparada de itens para votação, chamados de recomendações, na Assembleia. Esses itens são aprovados com antecedência pela Comissão Executiva da Igreja, um processo delineado na Constituição da Igreja e concebido para dar tempo de os líderes da Igreja estudarem as implicações de qualquer item bem antes de ser votado.

Embora os delegados individuais ainda possam "tecnicamente" adicionar ou subtrair pontos da agenda, essas novas propostas são geralmente encaminhadas a uma comissão diretiva para futura consideração, explicou ainda Evans.

"Uma vez que cada mudança requer um montante substancial de reflexão antes de ser votado, não é provável que a agenda mude na Assembleia propriamente dita", ele comentou [ANN/Elizabeth Lechleitner]

Agência explica votação na Assembleia Mundial Adventista


Silver Spring, Maryland, USA ... [ANN] Para muitos adventistas do sétimo dia que fazem a jornada para a Assembleia da Associação Geral a cada cinco anos, essa é uma oportunidade há muito esperada para celebrar a cultura e valores da Igreja em escala global. Mas para milhares de delegados, é também uma maratona de votações.

Este verão, em Atlanta, Estado norte-americano da Georgia, os delegados vão examinar temas da agenda durante a próxima reunião administrativa internacional de 11 dias, incluindo a eleição da direção superior da denominação.

Eles acatarão relatórios de líderes da Igreja pelo mundo e das 13 regiões administrativas mundiais, aprovarão novos órgãos administrativos, oficiais eleitos e diretores de departamentos, proporão emendas à constituição, regimento interno e Manual da Igreja e considerarão um número de itens diversos adicionados à agenda da Comissão Executiva da Igreja.

Embora todos os 2.410 delegados votem quanto aos itens da agenda da assembleia, somente um número seleto nomeia os oficiais da Igreja.

Durante o seu primeiro dia em Atlanta, os delegados de cada uma das 13 regiões da Igreja vão se reunir e designar um determinado número dos seus membros -- geralmente cerca de 235 no total -- para a Comissão de Nomeações, de acordo com praxes estabelecidas pelas Normas Operacionais da denominação.

Os selecionados como membros do Comissão de Nomeações em seguida se reúnem para recomendar candidatos a vários funções e departamentos na sede mundial da Igreja em Silver Spring, Maryland, EUA. Qualquer candidato escolhido pela Comissão de Nomeações é imediatamente apresentado a todo o corpo de delegados, onde o voto da maioria determina se o candidato é eleito. Se ele ou ela não estiver, a Comissão de Nomeações se reunirá novamente para recomendar outra pessoa.

As mais altas posições da Igreja -- a do presidente mundial da Igreja, secretário e tesoureiro -- são as primeiras nomeações. Presidentes das regiões mundiais da Igreja são nomeados em seguida, estabelece as Normas Operacionais.

Embora os membros da Comissão de Nomeações sejam livres para recomendar a reeleição para os que já ocupam posições, também podem sugerir outros candidatos. O processo é menos simples do que eleições nacionais, mas os líderes da Igreja dizem ser assim elaborado para evitar campanhas na véspera da assembleia, com redução do tempo entre indicação e votação.

A Constituição da Igreja não estabelece especificamente a formação dos delegados, mas é esperado "e presumido" que incluirá delegados de ambos os sexos, bem como uma ampla gama de faixas etárias e nacionalidades, disse Larry Evans, subsecretário mundial da Igreja.

Os 300 membros da Comissão Executiva da Igreja, que incluem representantes de cada uma das suas 13 regiões, são automaticamente considerados delegados na Assembleia. Os 2.000 restantes e alguns delegados são escolhidos proporcionalmente, conforme descrito na Constituição da Igreja. É dada consideração a fatores tais como membresia da Igreja e o número e tamanho das entidades administrativas e instituições numa região.

Quotas mínimas também se estabelecem a fim de garantir que os leigos e outros funcionários não-administrativos estejam entre os delegados.

Embora seja impossível eliminar o que chama de "elemento humano" do processo de nomeação e votação, Lowell Cooper, vice-presidente mundial da denominação, disse que o processo não é direcionado a auto-promoção. "Não é tanto a pessoa que procura o trabalho, quanto o trabalho a procura da pessoa", o que torna o conceito da campanha eleitoral imaterial, disse Cooper.

Mesmo se um candidato em potencial tentasse influenciar votos em seu favor, Evans disse que é quase impossível determinar a votação de um delegado em todas as questões, dado o volume de itens da agenda considerada durante a Assembleia. "Em vista de que tantas coisas são votadas nas sessões, não há nenhuma maneira possível de prever cada voto ... " disse Evans.

Os delegados recebem uma agenda preparada de itens para votação, chamados de recomendações, na Assembleia. Esses itens são aprovados com antecedência pela Comissão Executiva da Igreja, um processo delineado na Constituição da Igreja e concebido para dar tempo de os líderes da Igreja estudarem as implicações de qualquer item bem antes de ser votado.

Embora os delegados individuais ainda possam "tecnicamente" adicionar ou subtrair pontos da agenda, essas novas propostas são geralmente encaminhadas a uma comissão diretiva para futura consideração, explicou ainda Evans.

"Uma vez que cada mudança requer um montante substancial de reflexão antes de ser votado, não é provável que a agenda mude na Assembleia propriamente dita", ele comentou [ANN/Elizabeth Lechleitner]

O Rio Cristalino

 
(Leitura de Sala de Aula - 26 de maio)

“Então, me mostrou o rio da água da vida, brilhante como cristal, que sai do trono de Deus e do Cordeiro” Ap 22: 1

Uma antiga controvérsia geográfica colocava os rios Amazonas, Nilo e Mississipi no centro de uma discussão de gigantes. Quem é o maior. O Nilo, com 6.670 quilômetros já foi o número um. Depois, os geógrafos americanos emendaram o Missouri ao Mississipi e este passou a ter 6.800 quilômetros.

O Amazonas sempre foi o maior em volume d’água, até que os satélites o espicharam também. Ele ganhou 500 quilômetros e passou a ser o maior do mundo em extensão: 7.100 quilômetros.

Para formar esse gigante aquático, são necessários sete mil afluentes, e alguns tão enormes como os rios Madeira, Negro e Solimões. A distância entre as margens chega a 50 quilômetros e o ponto mais estreito está em Óbidos, no Pará, com 1.800 metros. O Rio Amazonas atinge profundidades de 120 metros.

A Estátua da Liberdade, com seus 91 metros e meio, simplesmente desapareceria dentro dele. Além de peixes como a pirara que, dizem, engole pessoas, crocodilos gigantescos vivem em suas águas barrentas. Se fosse salgado seria mar. Tempestades com ventos fortes levantam ondas de aproximadamente dois metros, capazes de virar grandes embarcações.

Assim é o Rio Amazonas que nasce na Cordilheira de Chiva, nos Andes, Sul do Peru. Em contraste, o Rio da Vida sai do trono do Cordeiro. Em lugar de águas barrentas, João viu águas brilhantes como cristal, porque tudo que existe na Santa Cidade brilha, ante a presença de Deus.

Bem próximo dali está plantada a árvore da vida, bem no meio da praça principal da cidade. Ela produz frutos de mês em mês e suas folhas são para a cura dos povos. Desta forma, o Apocalipse nos traz esperança. Longe de ser enigmático, todavia, o livro é um fiel registro daquilo que vai acontecer, ainda em nossos dias.

Por isso, ore: “Pai, perdoa-me. Agradeço-te pela vida e por Tua Palavra. Dá-me a vitória por Teu Espírito. Em Jesus, Amém”.
_____________________________________________________________________

Para Refletir

• Fé é ter convicção de fatos que se não vêem. Pode você imaginar a Cidade Santa?

Oração Especial

• Professor: Oscar Ivan Palma Pacheco

• Turma: 3º. Sistema de Informação. Turma A

Texto: F. Lemos e J. Eneas.

Adaptação: Pastoral Universitária Adventista

Instituição: UNASP, Campus Hortolândia, SP.

O Rio Cristalino

 
(Leitura de Sala de Aula - 26 de maio)

“Então, me mostrou o rio da água da vida, brilhante como cristal, que sai do trono de Deus e do Cordeiro” Ap 22: 1

Uma antiga controvérsia geográfica colocava os rios Amazonas, Nilo e Mississipi no centro de uma discussão de gigantes. Quem é o maior. O Nilo, com 6.670 quilômetros já foi o número um. Depois, os geógrafos americanos emendaram o Missouri ao Mississipi e este passou a ter 6.800 quilômetros.

O Amazonas sempre foi o maior em volume d’água, até que os satélites o espicharam também. Ele ganhou 500 quilômetros e passou a ser o maior do mundo em extensão: 7.100 quilômetros.

Para formar esse gigante aquático, são necessários sete mil afluentes, e alguns tão enormes como os rios Madeira, Negro e Solimões. A distância entre as margens chega a 50 quilômetros e o ponto mais estreito está em Óbidos, no Pará, com 1.800 metros. O Rio Amazonas atinge profundidades de 120 metros.

A Estátua da Liberdade, com seus 91 metros e meio, simplesmente desapareceria dentro dele. Além de peixes como a pirara que, dizem, engole pessoas, crocodilos gigantescos vivem em suas águas barrentas. Se fosse salgado seria mar. Tempestades com ventos fortes levantam ondas de aproximadamente dois metros, capazes de virar grandes embarcações.

Assim é o Rio Amazonas que nasce na Cordilheira de Chiva, nos Andes, Sul do Peru. Em contraste, o Rio da Vida sai do trono do Cordeiro. Em lugar de águas barrentas, João viu águas brilhantes como cristal, porque tudo que existe na Santa Cidade brilha, ante a presença de Deus.

Bem próximo dali está plantada a árvore da vida, bem no meio da praça principal da cidade. Ela produz frutos de mês em mês e suas folhas são para a cura dos povos. Desta forma, o Apocalipse nos traz esperança. Longe de ser enigmático, todavia, o livro é um fiel registro daquilo que vai acontecer, ainda em nossos dias.

Por isso, ore: “Pai, perdoa-me. Agradeço-te pela vida e por Tua Palavra. Dá-me a vitória por Teu Espírito. Em Jesus, Amém”.
_____________________________________________________________________

Para Refletir

• Fé é ter convicção de fatos que se não vêem. Pode você imaginar a Cidade Santa?

Oração Especial

• Professor: Oscar Ivan Palma Pacheco

• Turma: 3º. Sistema de Informação. Turma A

Texto: F. Lemos e J. Eneas.

Adaptação: Pastoral Universitária Adventista

Instituição: UNASP, Campus Hortolândia, SP.

terça-feira, 25 de maio de 2010

A Cidade de Silício

(Leitura de Sala de Aula - 25 de maio)

“E me transportou, em espírito, até a uma grande e elevada montanha e me mostrou a santa cidade, Jerusalém...O seu fulgor era semelhante a uma pedra preciosíssima, como pedra de jaspe cristalino” Ap 21: 10 e 11

Ontem lemos que os vencedores terão seus nomes escritos nos Livro da Vida. E, pela vitória de Cristo, eles receberão a cidadania celeste. Esta será uma experiência impossível de ser descrita com palavras humanas.

O profeta João viu a Cidade Santa, por isso, ele a compara com o brilho das pedras preciosas. Dentre as rochas e minerais, o quartzo impressiona devido à mistura de silício, lítio, sódio, potássio e titânio. Ele é encontrado na natureza nas cores rosa, amarelo, marrom, cinza, roxo e incolor.

O silício, principal componente do quartzo, é protagonista da maior revolução em transmissão de sinais por cabos ópticos. E, não somente isto, aparelhos de endoscopia, telecomunicações e computação se beneficiam do silício. Até a cidade que o profeta do Apocalipse viu descer do céu é rica em quartzo.

Nos versos 19 e 20 do capítulo vinte e um, João fala dos alicerces da muralha, feitos de jaspe, calcedônia, sardônia, sárdio, berilo, topázio, crisópraso, jacinto, ametista, safira, esmeralda e crisólito, nomes talvez um pouco desconhecidos para nós.

Das doze pedras preciosas (ou semi) por ele citadas, nove são ricas em silício que são as nove primeiras pedras citadas. Os cristais de quartzo vermelhos e alaranjados, assim como a esmeralda, a safira azul, o crisólito cor de ouro, as portas de pérolas e a praça de ouro puro fazem parte de um cenário fulgurante.

Você pode prender o fôlego e fechar os olhos para ter um vislumbre daquilo que Deus está preparando para os vencedores: uma cidade onde “não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram” [Ap 21: 4].

Tudo neste mundo é escuro porque todas as coisas têm o símbolo da morte. Mas, na Santa Cidade tudo brilha, porque tudo nasce da presença de Deus, Sua glória e Sua majestade. O convite de Cristo é que você se prepare para esta vitória.

____________________________________________
Para Refletir

• Fé é crer naquilo que se espera. Onde você tem depositado sua maior esperança?

Oração Especial

• Professora: Nilda Barbosa Cavalcante Rangel

• Turma: 1º. Sistema de Informação. Turma B

Texto: F. Lemos e J. Eneas.

Adaptação: Pastoral Universitária Adventista

Instituição: UNASP, Campus Hortolândia, SP

A Cidade de Silício

(Leitura de Sala de Aula - 25 de maio)

“E me transportou, em espírito, até a uma grande e elevada montanha e me mostrou a santa cidade, Jerusalém...O seu fulgor era semelhante a uma pedra preciosíssima, como pedra de jaspe cristalino” Ap 21: 10 e 11

Ontem lemos que os vencedores terão seus nomes escritos nos Livro da Vida. E, pela vitória de Cristo, eles receberão a cidadania celeste. Esta será uma experiência impossível de ser descrita com palavras humanas.

O profeta João viu a Cidade Santa, por isso, ele a compara com o brilho das pedras preciosas. Dentre as rochas e minerais, o quartzo impressiona devido à mistura de silício, lítio, sódio, potássio e titânio. Ele é encontrado na natureza nas cores rosa, amarelo, marrom, cinza, roxo e incolor.

O silício, principal componente do quartzo, é protagonista da maior revolução em transmissão de sinais por cabos ópticos. E, não somente isto, aparelhos de endoscopia, telecomunicações e computação se beneficiam do silício. Até a cidade que o profeta do Apocalipse viu descer do céu é rica em quartzo.

Nos versos 19 e 20 do capítulo vinte e um, João fala dos alicerces da muralha, feitos de jaspe, calcedônia, sardônia, sárdio, berilo, topázio, crisópraso, jacinto, ametista, safira, esmeralda e crisólito, nomes talvez um pouco desconhecidos para nós.

Das doze pedras preciosas (ou semi) por ele citadas, nove são ricas em silício que são as nove primeiras pedras citadas. Os cristais de quartzo vermelhos e alaranjados, assim como a esmeralda, a safira azul, o crisólito cor de ouro, as portas de pérolas e a praça de ouro puro fazem parte de um cenário fulgurante.

Você pode prender o fôlego e fechar os olhos para ter um vislumbre daquilo que Deus está preparando para os vencedores: uma cidade onde “não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram” [Ap 21: 4].

Tudo neste mundo é escuro porque todas as coisas têm o símbolo da morte. Mas, na Santa Cidade tudo brilha, porque tudo nasce da presença de Deus, Sua glória e Sua majestade. O convite de Cristo é que você se prepare para esta vitória.

____________________________________________
Para Refletir

• Fé é crer naquilo que se espera. Onde você tem depositado sua maior esperança?

Oração Especial

• Professora: Nilda Barbosa Cavalcante Rangel

• Turma: 1º. Sistema de Informação. Turma B

Texto: F. Lemos e J. Eneas.

Adaptação: Pastoral Universitária Adventista

Instituição: UNASP, Campus Hortolândia, SP

Projeto teve "decisões" no cardápio

Hortolândia, SP ... [ASN] Além de canapés, saladas e pratos especiais, o almoço servido pelas famílias Ferreira e Furtado teve como sobremesa “decisões”. No sábado, 22 de maio, Dia Sul-Americano do Projeto “Lares de Esperança”, seis casais aceitaram o convite para almoçar na casa de Christian Furtado, dono de uma empresa de telefonia na Região Metropolitana de Campinas e sua esposa Tânia Cristina, professora no UNASP, Campus Hortolândia, SP.

Casa cheia com 26 convidados amigos, os anfitriões tiveram a “surpresa” de ter a confirmação da data do batismo do casal Angélica e Fabiano Silva, marcada para 17 de julho. A história começou na 1ª edição de “Lares Abertos”, em maio de 2009, projeto da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

“Foi Dona Zezé quem nos deu o primeiro livro “Sinais de Esperança”, do pastor Alejandro Bullón”, disseram emocionados. “Por isso, a ansiedade é grande. Deus mudou nossa vida e o batismo será um marco inesquecível”, reafirmaram.

O “Almoço da Esperança” saiu mais tarde na casa dos Furtados porque antes, os convidados assistiram ao vídeo “O Sétimo Dia”, enquanto as crianças receberam a revista “Turminha da Fidelidade”. Os pequenos também tiveram direito a uma sessão especial de histórias. Este ano, o casal Furtado entregaram 600 livros “Tempo de Esperança” para amigos e vizinhos.

A pouca distância dali, a família Ferreira abria seu lar para dois alunos, a Mirely de Souza e Caio Mitsuo Yokota, ambos do curso técnico de informática do UNASP. Como primeira experiência no internato, Mirely surpreendeu ao manifestar o desejo de iniciar a classe bíblica para se batizar em data próxima. Os estudos serão oferecidos pelo próprio anfitrião, pastor Adalton Martins, capelão da Educação Básica do colégio.

A esposa Hidely Ferreira era só sorriso. À mesa estavam dois desbravadores, Letícia Lourenço, 14, e Rebeca Silva, 11, futuros alunos da classe bíblica juvenil, que ela convidou para o almoço da amizade. O UNASP, Campus Hortolândia participou do projeto “Lares de Esperança”, com 170 professores, além dos coordenadores, funcionários e a comunidade da Igreja do campus [Equipe ASN, Jael Eneas

Seis famílias com 26 pessoas aceitaram almoçar na casa de Tânia Cristina e Christian Furtado, com direito a sessão do filme “O Sétimo Dia”, durante projeto “Lares de Esperança”, 22 de maio, em Hortolândia, SP.


 
Tânia Cristina, professora do UNASP, Campus Hortolândia e Christian Furtado, empresário em telecomunicações na Região Metropolitana de Campinas, recepcionaram seis casais durante “Lares de Esperança”. Neste ano, eles entregaram 600 livros “Tempo de Esperança”, para amigos e vizinhos.

 
Enquanto os pais assistiam o filme “O Sétimo Dia”, as crianças tiveram sessão de histórias bíblicas e receberam a revista “Turminha da Fidelidade”, 22 de maio, em Hortolândia, SP.

Projeto teve "decisões" no cardápio

Hortolândia, SP ... [ASN] Além de canapés, saladas e pratos especiais, o almoço servido pelas famílias Ferreira e Furtado teve como sobremesa “decisões”. No sábado, 22 de maio, Dia Sul-Americano do Projeto “Lares de Esperança”, seis casais aceitaram o convite para almoçar na casa de Christian Furtado, dono de uma empresa de telefonia na Região Metropolitana de Campinas e sua esposa Tânia Cristina, professora no UNASP, Campus Hortolândia, SP.

Casa cheia com 26 convidados amigos, os anfitriões tiveram a “surpresa” de ter a confirmação da data do batismo do casal Angélica e Fabiano Silva, marcada para 17 de julho. A história começou na 1ª edição de “Lares Abertos”, em maio de 2009, projeto da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

“Foi Dona Zezé quem nos deu o primeiro livro “Sinais de Esperança”, do pastor Alejandro Bullón”, disseram emocionados. “Por isso, a ansiedade é grande. Deus mudou nossa vida e o batismo será um marco inesquecível”, reafirmaram.

O “Almoço da Esperança” saiu mais tarde na casa dos Furtados porque antes, os convidados assistiram ao vídeo “O Sétimo Dia”, enquanto as crianças receberam a revista “Turminha da Fidelidade”. Os pequenos também tiveram direito a uma sessão especial de histórias. Este ano, o casal Furtado entregaram 600 livros “Tempo de Esperança” para amigos e vizinhos.

A pouca distância dali, a família Ferreira abria seu lar para dois alunos, a Mirely de Souza e Caio Mitsuo Yokota, ambos do curso técnico de informática do UNASP. Como primeira experiência no internato, Mirely surpreendeu ao manifestar o desejo de iniciar a classe bíblica para se batizar em data próxima. Os estudos serão oferecidos pelo próprio anfitrião, pastor Adalton Martins, capelão da Educação Básica do colégio.

A esposa Hidely Ferreira era só sorriso. À mesa estavam dois desbravadores, Letícia Lourenço, 14, e Rebeca Silva, 11, futuros alunos da classe bíblica juvenil, que ela convidou para o almoço da amizade. O UNASP, Campus Hortolândia participou do projeto “Lares de Esperança”, com 170 professores, além dos coordenadores, funcionários e a comunidade da Igreja do campus [Equipe ASN, Jael Eneas

Seis famílias com 26 pessoas aceitaram almoçar na casa de Tânia Cristina e Christian Furtado, com direito a sessão do filme “O Sétimo Dia”, durante projeto “Lares de Esperança”, 22 de maio, em Hortolândia, SP.


 
Tânia Cristina, professora do UNASP, Campus Hortolândia e Christian Furtado, empresário em telecomunicações na Região Metropolitana de Campinas, recepcionaram seis casais durante “Lares de Esperança”. Neste ano, eles entregaram 600 livros “Tempo de Esperança”, para amigos e vizinhos.

 
Enquanto os pais assistiam o filme “O Sétimo Dia”, as crianças tiveram sessão de histórias bíblicas e receberam a revista “Turminha da Fidelidade”, 22 de maio, em Hortolândia, SP.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

O Livro da Vida

(Leitura de Sala de Aula - 24 de maio)

“O vencedor será assim vestido de vestiduras brancas e de modo nenhum apagarei o seu nome do livro da vida” Ap 3:5.

Grande Livro da Vida ou Mapa da Vida. Assim foi chamado o primeiro esboço de toda a sequência dos quase 140 mil genes que forma o genoma humano. Ele é a esperança para a cura de doenças como o câncer, AIDS e outros males que afligem a humanidade.

Esse manual de instruções reúne todos os nossos genes. A cor dos olhos, o tamanho do pé, a cor da pele e até a maneira de andar são definidos pela escrita dos genes em cada um de nós. O genoma se localiza no interior do núcleo de cada célula. São dois conjuntos de 23 pares que se uniram na hora da concepção.

Deus usou apenas quatro letras para escrever tudo isso: A (adenina), C (citosina), G (guanina) e T (timina). Contudo, toda esta informação contida nos genes, precisa de um bilhão de palavras para serem escritas, portanto, 25 anos de leitura ininterrupta para lê-las completamente.

Mas, o verdadeiro livro da vida é o “Livro da Vida do Cordeiro”. As pessoas que têm o nome escrito nesse livro serão vestidas com roupas brancas que simbolizam a justiça e a bondade de Jesus. O nome delas permanece ali para sempre e ninguém o tirará de lá. Além disso, Jesus as apresentará diante de Deus e dos anjos, como testemunhas vivas de Sua vitória.

Por isso, o Apocalipse é um livro de esperança. Ele revela que na guerra entre o dragão (Satanás) e Miguel (Cristo), a vitória pertence Aquele que tudo criou, aceitou ser o Cordeiro de Deus e venceu na cruz, para dar vida eterna aos que têm o nome no Livro da Vida.

Que você tenha uma semana de vitórias, não somente na vida pessoal ou acadêmica, mas, sobretudo, vitórias espirituais. Considere a promessa de Cristo: “Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com meu Pai no seu trono” [Ap 3: 21].

______________________________________________________________________

Para Refletir

• Anjos têm a função de nos guardar e fazer registros diários sobre nós. O quão real é isto para você?

Oração Especial

• Professor: Narcizo Raul Liedke Filho

• Turma: 1º. Sistema de Informação. Turma A

Texto: F. Lemos e J. Eneas.

Adaptação: Pastoral Universitária UNASP - Campus Hortolândia.

O Livro da Vida

(Leitura de Sala de Aula - 24 de maio)

“O vencedor será assim vestido de vestiduras brancas e de modo nenhum apagarei o seu nome do livro da vida” Ap 3:5.

Grande Livro da Vida ou Mapa da Vida. Assim foi chamado o primeiro esboço de toda a sequência dos quase 140 mil genes que forma o genoma humano. Ele é a esperança para a cura de doenças como o câncer, AIDS e outros males que afligem a humanidade.

Esse manual de instruções reúne todos os nossos genes. A cor dos olhos, o tamanho do pé, a cor da pele e até a maneira de andar são definidos pela escrita dos genes em cada um de nós. O genoma se localiza no interior do núcleo de cada célula. São dois conjuntos de 23 pares que se uniram na hora da concepção.

Deus usou apenas quatro letras para escrever tudo isso: A (adenina), C (citosina), G (guanina) e T (timina). Contudo, toda esta informação contida nos genes, precisa de um bilhão de palavras para serem escritas, portanto, 25 anos de leitura ininterrupta para lê-las completamente.

Mas, o verdadeiro livro da vida é o “Livro da Vida do Cordeiro”. As pessoas que têm o nome escrito nesse livro serão vestidas com roupas brancas que simbolizam a justiça e a bondade de Jesus. O nome delas permanece ali para sempre e ninguém o tirará de lá. Além disso, Jesus as apresentará diante de Deus e dos anjos, como testemunhas vivas de Sua vitória.

Por isso, o Apocalipse é um livro de esperança. Ele revela que na guerra entre o dragão (Satanás) e Miguel (Cristo), a vitória pertence Aquele que tudo criou, aceitou ser o Cordeiro de Deus e venceu na cruz, para dar vida eterna aos que têm o nome no Livro da Vida.

Que você tenha uma semana de vitórias, não somente na vida pessoal ou acadêmica, mas, sobretudo, vitórias espirituais. Considere a promessa de Cristo: “Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com meu Pai no seu trono” [Ap 3: 21].

______________________________________________________________________

Para Refletir

• Anjos têm a função de nos guardar e fazer registros diários sobre nós. O quão real é isto para você?

Oração Especial

• Professor: Narcizo Raul Liedke Filho

• Turma: 1º. Sistema de Informação. Turma A

Texto: F. Lemos e J. Eneas.

Adaptação: Pastoral Universitária UNASP - Campus Hortolândia.

domingo, 23 de maio de 2010

Atlanta vai se tornar na capital adventista mundial

Maryland, EUA ... [ASN] Delegados e visitantes que estiverem participando da próxima Assembleia Mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia podem esperar mais do que reuniões administrativas durante o evento de 11 dias. O centro de Atlanta, nos Estados Unidos, deverá estar agitado com apresentações, seminários de formação e vários outros eventos realizados em conjunto com a assembleia datada para 23 de junho a 3 de julho.

Os participantes que não se sentirem desgastados da caminhada a pé desde o hotel até o Georgia Dome (local das reuniões), várias vezes ao dia, são convidados a participar da Corrida Adventista de Saúde de 5/10 km em 27 de junho. Patrocinado em parte pela InStep for Life, a corrida visa a sensibilizar as pessoas a uma vida saudável dentro da comunidade de Atlanta.

Dois torneios esportivos patrocinados pela Igreja Adventista Bereana, de Atlanta, também somam-se aos eventos orientados à saúde, disponíveis durante a assembleia. Um torneio de basquetebol será realizado na Academia Cristã Bereana Junior e Academia Adventista da Grande Atlanta de 30 de junho a 3 de julho, enquanto os interessados num torneio de golfe podem se encontrar no Stone Mountain Golf Club, em 1o. de julho.

Para os delegados, com pouco tempo livre, intervalos para refeição deverão ser oportunidades para espremer eventos extracurriculares, e há uma abundância de opções de eventos de aprendizagem a escolher.

O departamento de Ministério da Saúde da Igreja Adventista vai apresentar seminários diários de saúde durante o tempo de almoço, iniciando-se em 27 de junho. Durante os intervalos de almoço e jantar, o Departamento de Escola Sabatina e Ministérios Pessoais vai apresentar workshops chamados "Tool Time".

Os participantes interessados em confirmação da fé ainda terão as palestras científicas sobre criacionismo durante os intervalos para refeição, com apresentações por teólogos e cientistas. Para uma agenda de temas de palestras visite fscsda.org.

Outros seminários realizados durante ou imediatamente antes da assembleia incluem Impacto Inovador 2010, uma conferência sobre liderança pastoral realizada na Igreja Adventista Bereana de 20-23 de junho. Visite innovativeimpact.org para saber mais.

Profissionais em levantamento de fundos que assistirem à Assembleia poderiam considerar chegar alguns dias antes para assistirem nos dias 22 e 23 de junho a um seminário de treinamento de tal atividade no Hotel Omni. Capelães que estiverem na Assembleia são convidados a assistir a um seminário sobre capelania patrocinado pelos Ministérios de Capelania Adventista de 22 a 29 de junho.

Músicos de todo o mundo são esperados para uma apresentação em 29 de junho de um concerto gratuito no Centennial Olympic Park de Atlanta. Uma série de outros eventos da Assembleia também visam a públicos-alvo específicos. Impacto Atlanta, realizada durante a Assembleia, no Hotel Sheraton Atlanta, visa a incentivar uma cultura de participação de jovens adultos, esclarecem dirigentes dos Ministérios da Juventude. Oportunidade de liderança e discipulado está prevista para envolver o treinamento e eventos de serviço comunitário em bairros de Atlanta. Para se inscrever, visite impactatlanta.info.

O departamento de Ministérios da Mulher da Igreja a nível mundial está promovendo vários eventos durante a Assembleia, incluindo um chá no primeiro dia de sessão. As mulheres são convidadas a participar de seminários de 28 de junho a 1º de julho sobre temas de crescimento pessoal e espiritual, de serviço e vida diária. Dois seminários à tarde darão enfoque à saúde da mulher. Todos os eventos dos Ministérios da Mulher incluirão música e os relatórios de projetos patrocinados pelo departamento por todo o mundo.

A Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) vai incentivar os participantes da sessão a mostrarem seu apoio ao fim da violência contra mulheres e crianças através da assinatura da bandeira do End it Now enquanto estão em Atlanta, disse um porta-voz da ADRA. A ADRA pretende coletar um milhão de assinaturas antes de enviar a bandeira às Nações Unidas no final do ano. [Equipe ANN – Adventist News Network]

Atlanta vai se tornar na capital adventista mundial

Maryland, EUA ... [ASN] Delegados e visitantes que estiverem participando da próxima Assembleia Mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia podem esperar mais do que reuniões administrativas durante o evento de 11 dias. O centro de Atlanta, nos Estados Unidos, deverá estar agitado com apresentações, seminários de formação e vários outros eventos realizados em conjunto com a assembleia datada para 23 de junho a 3 de julho.

Os participantes que não se sentirem desgastados da caminhada a pé desde o hotel até o Georgia Dome (local das reuniões), várias vezes ao dia, são convidados a participar da Corrida Adventista de Saúde de 5/10 km em 27 de junho. Patrocinado em parte pela InStep for Life, a corrida visa a sensibilizar as pessoas a uma vida saudável dentro da comunidade de Atlanta.

Dois torneios esportivos patrocinados pela Igreja Adventista Bereana, de Atlanta, também somam-se aos eventos orientados à saúde, disponíveis durante a assembleia. Um torneio de basquetebol será realizado na Academia Cristã Bereana Junior e Academia Adventista da Grande Atlanta de 30 de junho a 3 de julho, enquanto os interessados num torneio de golfe podem se encontrar no Stone Mountain Golf Club, em 1o. de julho.

Para os delegados, com pouco tempo livre, intervalos para refeição deverão ser oportunidades para espremer eventos extracurriculares, e há uma abundância de opções de eventos de aprendizagem a escolher.

O departamento de Ministério da Saúde da Igreja Adventista vai apresentar seminários diários de saúde durante o tempo de almoço, iniciando-se em 27 de junho. Durante os intervalos de almoço e jantar, o Departamento de Escola Sabatina e Ministérios Pessoais vai apresentar workshops chamados "Tool Time".

Os participantes interessados em confirmação da fé ainda terão as palestras científicas sobre criacionismo durante os intervalos para refeição, com apresentações por teólogos e cientistas. Para uma agenda de temas de palestras visite fscsda.org.

Outros seminários realizados durante ou imediatamente antes da assembleia incluem Impacto Inovador 2010, uma conferência sobre liderança pastoral realizada na Igreja Adventista Bereana de 20-23 de junho. Visite innovativeimpact.org para saber mais.

Profissionais em levantamento de fundos que assistirem à Assembleia poderiam considerar chegar alguns dias antes para assistirem nos dias 22 e 23 de junho a um seminário de treinamento de tal atividade no Hotel Omni. Capelães que estiverem na Assembleia são convidados a assistir a um seminário sobre capelania patrocinado pelos Ministérios de Capelania Adventista de 22 a 29 de junho.

Músicos de todo o mundo são esperados para uma apresentação em 29 de junho de um concerto gratuito no Centennial Olympic Park de Atlanta. Uma série de outros eventos da Assembleia também visam a públicos-alvo específicos. Impacto Atlanta, realizada durante a Assembleia, no Hotel Sheraton Atlanta, visa a incentivar uma cultura de participação de jovens adultos, esclarecem dirigentes dos Ministérios da Juventude. Oportunidade de liderança e discipulado está prevista para envolver o treinamento e eventos de serviço comunitário em bairros de Atlanta. Para se inscrever, visite impactatlanta.info.

O departamento de Ministérios da Mulher da Igreja a nível mundial está promovendo vários eventos durante a Assembleia, incluindo um chá no primeiro dia de sessão. As mulheres são convidadas a participar de seminários de 28 de junho a 1º de julho sobre temas de crescimento pessoal e espiritual, de serviço e vida diária. Dois seminários à tarde darão enfoque à saúde da mulher. Todos os eventos dos Ministérios da Mulher incluirão música e os relatórios de projetos patrocinados pelo departamento por todo o mundo.

A Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) vai incentivar os participantes da sessão a mostrarem seu apoio ao fim da violência contra mulheres e crianças através da assinatura da bandeira do End it Now enquanto estão em Atlanta, disse um porta-voz da ADRA. A ADRA pretende coletar um milhão de assinaturas antes de enviar a bandeira às Nações Unidas no final do ano. [Equipe ANN – Adventist News Network]

sábado, 22 de maio de 2010

Rafaela Pinho encerra evento com testemunho


Hortolândia, SP ... [ASN] A cantora Rafaela Pinho fez encerramento da Semana da Arte contando seu próprio testemunho, sexta 21 de maio. “Foi em uma Semana de Oração aqui no IASP que reafirmei meu compromisso com Deus”.

Antes que cantasse a música “Maior História de Amor”, ela declarou que a composição é de seu irmão Tércio Filho que também retornou para a Igreja em uma Semana de Oração. A música foi composta após Tércio ler o Grande Conflito de Ellen G. White.

A Semana da Arte aberta com Show de Talentos Gospel, no domingo 16 de maio, se destacou pelos recitais de alunos e professores. Porém, foram os depoimentos de Rafaela no encerramento do evento que marcaram o auditório. “Eu sou prova viva de que a oração intercessória tem poder”, disse, ao olhar para sua mãe Tânia Borges Leitão que orou por seu irmão durante 40 madrugadas.

Após revelar que Isaías 43: 1 a 3 é um de seus versos bíblicos prediletos, Rafaela interpretou “Máscaras”, versão de Suzanne Hirle. “Não temam, mesmo que passem pelo fogo ou pelas águas, porque Deus sempre estará com vocês”, declarou olhando para aos alunos, professores e comunidade da Igreja.

Sob regência de Wanderson Paiva, diretor da Escola de Arte, a cantora interpretou “Vinde a Mim” e “Tu és o meu Viver”, de Michael Smith, acompanhada pelo Coral Jovem do IASP. Antes da oração final, mais uma vez Rafaela surpreendeu.

Ela resolveu “cantar” especialmente para os deficientes auditivos usando a Linguagem Brasileira de Sinais. “Pai, derrame bênção especial sobre Teus filhos. Que Teu Espírito os proteja, hoje e sempre, Amém”, orou o maestro Wanderson Paiva, fechando a noite [Equipe ASN, Jael Eneas]



Sob regência do maestro Wanderson Paiva, a cantora Rafaela Pinho canta acompanhada pelo Coral Jovem do IASP, 21 de maio.

Rafaela Pinho encerra evento com testemunho


Hortolândia, SP ... [ASN] A cantora Rafaela Pinho fez encerramento da Semana da Arte contando seu próprio testemunho, sexta 21 de maio. “Foi em uma Semana de Oração aqui no IASP que reafirmei meu compromisso com Deus”.

Antes que cantasse a música “Maior História de Amor”, ela declarou que a composição é de seu irmão Tércio Filho que também retornou para a Igreja em uma Semana de Oração. A música foi composta após Tércio ler o Grande Conflito de Ellen G. White.

A Semana da Arte aberta com Show de Talentos Gospel, no domingo 16 de maio, se destacou pelos recitais de alunos e professores. Porém, foram os depoimentos de Rafaela no encerramento do evento que marcaram o auditório. “Eu sou prova viva de que a oração intercessória tem poder”, disse, ao olhar para sua mãe Tânia Borges Leitão que orou por seu irmão durante 40 madrugadas.

Após revelar que Isaías 43: 1 a 3 é um de seus versos bíblicos prediletos, Rafaela interpretou “Máscaras”, versão de Suzanne Hirle. “Não temam, mesmo que passem pelo fogo ou pelas águas, porque Deus sempre estará com vocês”, declarou olhando para aos alunos, professores e comunidade da Igreja.

Sob regência de Wanderson Paiva, diretor da Escola de Arte, a cantora interpretou “Vinde a Mim” e “Tu és o meu Viver”, de Michael Smith, acompanhada pelo Coral Jovem do IASP. Antes da oração final, mais uma vez Rafaela surpreendeu.

Ela resolveu “cantar” especialmente para os deficientes auditivos usando a Linguagem Brasileira de Sinais. “Pai, derrame bênção especial sobre Teus filhos. Que Teu Espírito os proteja, hoje e sempre, Amém”, orou o maestro Wanderson Paiva, fechando a noite [Equipe ASN, Jael Eneas]



Sob regência do maestro Wanderson Paiva, a cantora Rafaela Pinho canta acompanhada pelo Coral Jovem do IASP, 21 de maio.

IASP antecipa projeto “Lares de Esperança”


Hortolândia, SP ... [ASN] Dia 22 de maio, começa cedo para o IASP (Instituto Adventista São Paulo), o Campus Hortolândia do UNASP. Já na sexta, 21, cinqüenta e nove alunos de diversas confissões religiosas, vão participar de um jantar com creme de ervilhas, salgado, patê temperado, assai, granola e frutas.

Porém, antes, assistem vídeo com ênfase na história do sábado através dos tempos. Segundo dados da secretaria residem no internato 423 estudantes da Educação Básica e Ensino Superior.

O projeto “Lares de Esperança” está em sua 2ª edição no campus universitário e envolve 171 professores, além dos coordenadores e funcionários. Durante o sábado eles vão convidar amigos para um almoço especial e assistir ao primeiro capítulo do filme “O Sétimo Dia”, da LLT Produções.

As primeiras imagens aparecem o Templo Mayor de 1790, localizado na Cidade do México. O culto na Igreja do IASP também será especial com a participação da Orquestra e do Coral Canto Livre. O pastor Heber Mascarenhas prega tema relacionado a família, baseado em Hebreus 10: 35 a 39.

No IASPinho onde estudam cerca de 1,3 mil alunos do Educação Infantil e Fundamental I, famílias inteiras serão convidadas pelos professores para um sábado especial em suas casas. A professora Tânia Cristina Frutado, do Jardim II, turma vespertina, convidou cinco famílias. “Estou surpresa porque quatro aceitaram almoçar em casa.

Após a refeição vou apresentar o primeiro capítulo da história do sábado”, diz animada. O diretor do Ensino Médio e Fundamental II, pastor Humberto Costa Cézar movimenta seus professores para um sábado especial com os alunos ainda não adventistas do Internato [Equipe ASN, Jael Eneas]

IASP antecipa projeto “Lares de Esperança”


Hortolândia, SP ... [ASN] Dia 22 de maio, começa cedo para o IASP (Instituto Adventista São Paulo), o Campus Hortolândia do UNASP. Já na sexta, 21, cinqüenta e nove alunos de diversas confissões religiosas, vão participar de um jantar com creme de ervilhas, salgado, patê temperado, assai, granola e frutas.

Porém, antes, assistem vídeo com ênfase na história do sábado através dos tempos. Segundo dados da secretaria residem no internato 423 estudantes da Educação Básica e Ensino Superior.

O projeto “Lares de Esperança” está em sua 2ª edição no campus universitário e envolve 171 professores, além dos coordenadores e funcionários. Durante o sábado eles vão convidar amigos para um almoço especial e assistir ao primeiro capítulo do filme “O Sétimo Dia”, da LLT Produções.

As primeiras imagens aparecem o Templo Mayor de 1790, localizado na Cidade do México. O culto na Igreja do IASP também será especial com a participação da Orquestra e do Coral Canto Livre. O pastor Heber Mascarenhas prega tema relacionado a família, baseado em Hebreus 10: 35 a 39.

No IASPinho onde estudam cerca de 1,3 mil alunos do Educação Infantil e Fundamental I, famílias inteiras serão convidadas pelos professores para um sábado especial em suas casas. A professora Tânia Cristina Frutado, do Jardim II, turma vespertina, convidou cinco famílias. “Estou surpresa porque quatro aceitaram almoçar em casa.

Após a refeição vou apresentar o primeiro capítulo da história do sábado”, diz animada. O diretor do Ensino Médio e Fundamental II, pastor Humberto Costa Cézar movimenta seus professores para um sábado especial com os alunos ainda não adventistas do Internato [Equipe ASN, Jael Eneas]

Estatística revela preferência no estudo da Bíblia


n
Hortolândia, SP ... [ASN] Os resultados estatísticos quanto ao estudo da Bíblia revelam preferências idênticas em Jardim Amanda, o mais populoso bairro de Hortolândia, SP, e em Elias Fausto, cidade de forte tradição católica no interior paulista. No bairro, 81% optam por estudar a Bíblia em casa e na cidade interiorana, 79% também preferem ter estudos bíblicos em suas próprias residências.

A pesquisa foi realizada durante projeto Impacto Esperança, 15 de maio, por 360 equipes de alunos, professores e funcionários do IASP, o Campus Hortolândia do UNASP.

Os pesquisadores aplicaram 720 formulários, porém somente 541 foram considerados válidos devido ao preenchimento inconsistente ou porque as famílias se recusaram responder as quatro perguntas da pesquisa. Um dado animador é que menos de 1% dos entrevistados afirmaram não ter a Bíblia em casa.

Curiosidades como por que acontecem desastres climáticos (80%) e por que os inocentes sofrem (95%) estão entre os temas considerados mais relevantes para o estudo da Bíblia. Paulo Espin, morador na cidade de Elias Fausto quer estudar a Bíblia para descobrir a origem do pecado e Otávio Rodrigues, do bairro Jardim Amanda deseja saber por que Jesus Cristo ainda não voltou.

Segunda, 24, a direção do IASP vai entregar aos respectivos pastores distritais os nomes e endereços dos interessados para serem visitados e início imediato dos estudos bíblicos.

A equipe que trabalhou na apuração dos dados sugere modificações no instrumento de pesquisa. “Para as próximas campanhas missionárias é preciso acrescentar opções como estudo por correspondência e atendimento pela Internet”, ponderam.

Outra informação interessante apareceu no bairro de Jardim Amanda: das 320 pessoas que receberam a revista “Um Dia de Esperança”, 181 disseram querer receber estudos bíblicos, portanto, 57% do total.

Considerada um desafio de Missão Global, a cidade de Elias Fausto, SP, é objeto de investida evangelística pela Associação Paulista Sudoeste que se realiza sob liderança do pastor Ary Cidral. Domingo, 16, houve o primeiro batismo da série e nos próximos dias, cerca de 30 pessoas se preparam para serem batizadas [Equipe ASN, Jael Eneas]

Estatística revela preferência no estudo da Bíblia


n
Hortolândia, SP ... [ASN] Os resultados estatísticos quanto ao estudo da Bíblia revelam preferências idênticas em Jardim Amanda, o mais populoso bairro de Hortolândia, SP, e em Elias Fausto, cidade de forte tradição católica no interior paulista. No bairro, 81% optam por estudar a Bíblia em casa e na cidade interiorana, 79% também preferem ter estudos bíblicos em suas próprias residências.

A pesquisa foi realizada durante projeto Impacto Esperança, 15 de maio, por 360 equipes de alunos, professores e funcionários do IASP, o Campus Hortolândia do UNASP.

Os pesquisadores aplicaram 720 formulários, porém somente 541 foram considerados válidos devido ao preenchimento inconsistente ou porque as famílias se recusaram responder as quatro perguntas da pesquisa. Um dado animador é que menos de 1% dos entrevistados afirmaram não ter a Bíblia em casa.

Curiosidades como por que acontecem desastres climáticos (80%) e por que os inocentes sofrem (95%) estão entre os temas considerados mais relevantes para o estudo da Bíblia. Paulo Espin, morador na cidade de Elias Fausto quer estudar a Bíblia para descobrir a origem do pecado e Otávio Rodrigues, do bairro Jardim Amanda deseja saber por que Jesus Cristo ainda não voltou.

Segunda, 24, a direção do IASP vai entregar aos respectivos pastores distritais os nomes e endereços dos interessados para serem visitados e início imediato dos estudos bíblicos.

A equipe que trabalhou na apuração dos dados sugere modificações no instrumento de pesquisa. “Para as próximas campanhas missionárias é preciso acrescentar opções como estudo por correspondência e atendimento pela Internet”, ponderam.

Outra informação interessante apareceu no bairro de Jardim Amanda: das 320 pessoas que receberam a revista “Um Dia de Esperança”, 181 disseram querer receber estudos bíblicos, portanto, 57% do total.

Considerada um desafio de Missão Global, a cidade de Elias Fausto, SP, é objeto de investida evangelística pela Associação Paulista Sudoeste que se realiza sob liderança do pastor Ary Cidral. Domingo, 16, houve o primeiro batismo da série e nos próximos dias, cerca de 30 pessoas se preparam para serem batizadas [Equipe ASN, Jael Eneas]

quarta-feira, 19 de maio de 2010

IASP conta história do projeto que mudou a história


Jardim Amanda, Hortolândia, SP ... [IASPNews] O dia 15 de maio demorou amanhecer para a dona de casa Regina Ribeiro da Silva. Morando em uma casa simples, reboco a vista e parede pichada, Regina se apressa em servir o desjejum ao neto. Mas, os primeiros afazeres do dia não lhe traziam alívio para a angústia que sentia por seu esposo alcoólatra. Por isso, às 8 horas da manhã, a dona de casa decidiu orar pedindo socorro, porque ouvira falar do poder da oração.

No mesmo horário, um exército com 700 alunos e professores do IASP se prepara para impactar o Jardim Amanda II, o bairro de Regina. O socorro chega às dez e trinta da manhã. A equipe formada pelos alunos Victor Cândido e Patrícia Reis, da Educação Básica e pelo presidente da Igreja Adventista do Sétimo Dia no Estado de São Paulo, pastor Domingos José de Sousa, batem a porta de Regina, que ainda se encontrava desolada com o neto. “Bom Dia, viemos lhe trazer um presente”.

Assustada, ela abre o portão e recebe a revista e o livro “Tempo de Esperança”. Ao responder a pesquisa, Regina opta por estudar a Bíblia em grupos de 3 a 8 pessoas. A história da dona de casa faz a equipe retornar de novo a residência. Porém, desta vez, para uma oração intercessória e gravar um testemunhal. A oração foi feita pelo presidente, pastor Domingos Sousa: “Deus, proteja este lar e dê paz a esta família”. Dona Regina será inscrita em um Pequeno Grupo de estudo da Bíblia.

Nasceu Missionário

Histórias do sábado como “Um Dia de Esperança”, se multiplicam. Ao completar 21 anos de idade, Eduardo Carlos Dutra, aluno do 3º ano do curso de Educação Física do IASP escolheu o sábado, 1º de maio para seu batismo. A partir desta data, Eduardo que é mineiro de Itaobim, aguardou com ansiedade a hora de participar de seu primeiro “trabalho missionário”.

Enfim chegou o dia 15 de maio. Vestido de camiseta preta, ele embarca no ônibus 7 da caravana, acompanhado de sua namorada Andreza Trigo de Aguiar, estudante de pós-graduação no IASP. Durante sua estreia, Eduardo entregou nove “Kits de Esperança”, visitou residências e fez entrevistas com objetivo de levantar interesse para estudo da Bíblia. “Estou feliz. Meu sonho agora é levar a mensagem para meus pais”, diz emocionado.

Outro estreante foi Ivan Luiz Bizerra de Almeida, de 5 anos de idade. Acompanhado de sua mãe, o “pequeno missionário” entregou 20 revistas e livros. “Isto é pra você”, dizia o garoto ao abordar as pessoas de braço esticado devido sua pouca altura. Para o diretor do IASP, professor Alacy Mendes Barbosa, o projeto teve dois aspectos: evangelístico e pedagógico. “Oferecer oportunidades missionárias é um compromisso do colégio. Neste contexto, o aluno aprende partilhar a fé e se prepara para servir a Deus”, afirmou.

Números

O monumental projeto missionário da Igreja Adventista que envolveu oito países na América do Sul produziu histórias, emoção e resultados. No caso de Hortolândia, SP, município integrante da Região Metropolitana de Campinas, mais de 100 mil revistas e livros foram distribuídos de casa em casa.

O desafio demandou a união de seis distritos pastorais da região. Deste total, 15 mil “Kit de Esperança” foi espalhado pelos alunos do Internato e pela comunidade da Igreja do IASP. O esforço exigiu 14 ônibus, carros e vans que levaram os voluntários ao Jardim Amanda II, Santa Clara I e II e Sítio São João, onde será realizada uma série de conferências e erguida uma congregação. Além disso, o ranking inclui a cidade de Elias Fausto, SP, impactada pelo Coral Jovem do IASP, com 4 mil revistas e livros.

Uma curiosidade: O projeto local chamou-se “Impacto Hortolândia”, um presente antecipado a cidade que completa dezenove anos de vida, no dia 19 de maio [IASPNews, Jael Eneas]


Um exército formado por 700 alunos e professores do IASP, no dia em que a Esperança fez história, 15 de maio.